Empresa aposta nos gift cards no Brasil

Por: Editor NV 1.990 views

Blackhawk Network faz parcerias com Microsoft e Google e amplia presença no mercado

A Blackhawk Network, uma das empresas pioneiras em cartões-presente no mercado americano, chegou ao Brasil há dois anos, mas somente em 2014, depois de conhecer melhor o ambiente, passou a investir mais fortemente. A empresa fechou recentemente uma parceria com a Microsoft para oferecer os cartões Xbox Live, que dão acesso a conteúdos exclusivos e serviços disponíveis na plataforma de games Xbox.

A expectativa da empresa é crescer acima de 100% ao ano. ?O potencial do mercado brasileiro é gigantesco?, afirma Steve Dekker, diretor da Blackhawk. ?O Brasil tem um grande mercado consumidor e grande disposição para o consumo?, comenta. Com parceiros varejistas como Walmart, Ponto Frio e Lojas Americanas, a empresa vem sendo mais agressiva em seu posicionamento, procurando aproveitar as particularidades do mercado brasileiro.

Os gift cards são há alguns anos uma ferramenta apenas incipiente no mercado brasileiro, por isso a expectativa da Blackhawk de crescimento de três dígitos nos próximos anos. Um desafio é explicar aos clientes e também às equipes de venda como funciona o produto. ?Temos oferecido às equipes de venda a possibilidade de utilizar gift cards do Google Play, por exemplo, para que eles se familiarizem com o produto e possam responder às perguntas dos clientes?, diz Dekker.

Outra preocupação é colocar os gift cards em totens em posições bastante visíveis da loja, com uma comunicação visual chamativa. ?Em países mais acostumados ao produto, como os Estados Unidos e Canadá, a comunicação pode ser muito mais simples. Aqui, precisamos chamar a atenção do cliente o tempo todo?, afirma.

Segundo o executivo, um aspecto interessante do perfil de compra dos gift cards é que, a exemplo do que acontece em países como a França e o Japão, os cartões são mais adquiridos para uso próprio do que para presentear alguém. ?Acreditamos que, como aconteceu no México, no futuro o brasileiro considerará os gift cards para presentar, mas, enquanto isso não acontece, apresentamos produtos que funcionem bem para consumo pessoal?, afirma.

Para o varejista, o gift card apresenta pouco risco e uma possibilidade de receita adicional. O cartão possui ativação apenas após a venda, diretamente no caixa, evitando perdas e usos indevidos. Com isso, varejista não tem que pagar antes pelo produto ou, ainda, tê-lo em estoque. É cobrado apenas Imposto Sobre Serviços (ISS) sobre a comissão, quando o cartão é vendido. Além disso, o espaço destinado para exposição dos cartões é pequeno e exige uma logística simples.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.