A verdade sobre o caso das camisetas da Chapecoense na Netshoes

Por: Raisa Covre 29.971 views

Em vídeo, Marcio Kumruian, fundador e presidente da marca, esclarece o caso e destaca que a empresa nunca teve a intenção de aumentar os preços

Foto: Douglas Luccena

Na última terça-feira, dia 29, os brasileiros acordaram com a triste notícia sobre o acidente de avião da Chapecoense. As redes sociais acompanharam de perto o acontecido e as notícias correram por todos os canais. Ao mesmo tempo, uma polêmica foi instaurada: os preços das camisetas do time dobraram de preço na Netshoes. A empresa foi extremamente criticada pelo ocorrido e muitos memes começaram a se espalhar.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Surpresa pela situação, a marca veio a público se explicar: o ocorrido não passou de um mal entendido, pois o responsável pelo ajuste dos preços é o sistema utilizado pela empresa. A companhia postou uma explicação no Twitter e o fundador e presidente da Netshoes, Marcio Kumruian, também gravou um vídeo esclarecendo o que realmente aconteceu.

“Na terça-feira, entre 8h e 8h15, todas as 108 camisas da Chapecoense em estoque tinham sido vendidas a preço promocional. Às 10h, quando não existia mais nenhuma camiseta disponível, o sistema automaticamente voltou aos preços originais. Simplesmente isso”, destaca.

 

É interessante observar, também, que nos mesmos prints que viralizaram nas redes sociais, é possível observar que não havia mais opções de tamanho da camiseta, ou seja, elas realmente estavam esgotadas e não existia mais a possibilidade de compra independente do preço oferecido pela empresa.

Reprodução
Reprodução
Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.