11 Startups brasileiras de economia compartilhada que você precisa conhecer

Por: Raisa Covre 4.599 views

Compartilhar roupas, produtos, experiências e até conhecimentos é possível graças ao desenvolvimento desse conceito. Conheça alguns modelos

Shutterstock

A economia compartilhada ganhou força nos últimos anos por facilitar a vida das pessoas. Mais do que isso, está ligado a um novo comportamento de consumo mais consciente, que visa o compartilhamento de itens ou até mesmo a revenda de produtos que não são mais usados. Os maiores expoentes dessa onda são nomes como Uber e Airbnb, mas muitos modelos de negócios foram projetados em cima desse conceito.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

No Brasil, já temos vários expoentes desse novo comportamento. Além de empresas que apoiam especificamente esse tipo de startup, como a abeLLha. Conheça algumas startups brasileiras desse nicho:

1- Tem Açúcar?
Existiu um tempo em que nossas avós batiam na porta do vizinho para pedir emprestada uma xícara de açúcar. Talvez as novas gerações apenas tenham visto isso em filmes – e é exatamente isso que o Tem Açúcar? quer mudar. A plataforma quer facilitar o compartilhamento entre vizinhos, quebrar o gelo na hora de pedir algo emprestado, estimulando a gentileza e colaboração na comunidade.

2- SmartBeach
O aplicativo funciona por geolocalização e procura conectar os frequentadores de praia com vendedores de produtos e serviços. Pela plataforma, também é possível indicar alertas de possíveis contratempos, como correntezas, problemas de segurança, etc.

3- Bliive
Trocar experiências é uma moeda de troca nessa plataforma. Simples assim: o usuário se cadastra e procura um conhecimento, serviço ou experiência que queira vivenciar – e a sua moeda de troca é o seu próprio conhecimento compartilhado com outros usuários.

4- Vivências
Pela plataforma, jovens que estão em busca de experiência podem ter diversas vivências no mercado de trabalho a partir dos anúncios divulgados pelas empresas. As experiências, em sua maioria, são como voluntário, mas também é possível encontrar uma remuneração simbólica.

5- happymoment
Pela plataforma, os usuários compartilham suas impressões sobre os mais diversos lugares, seja um restaurante ou um bairro, para que outros amigos tenham a oportunidade de vivenciar bons momentos também.

6- Kiiin
Uma comunidade de criadores de conteúdo digital. A ideia é que os profissionais possam se conhecer, trocar experiências e até firmar possíveis parcerias com usuários que tenham paixões semelhantes.

7- Serviçaria
A plataforma funciona como um grande mural de divulgação de trabalho com suas respectivas recomendações e impressões de quem já contratou. É possível encontrar (e anunciar) os mais diversos serviços, desde pintura, elétrica até desenvolvimento e sites.

8- ezPark
A intenção do app é facilitar a vida de quem tem uma vaga de estacionamento sobrando e quem precisa muito de um local para estacionar. Conectando os usuários, a empresa garante que é possível encontrar uma vaga em até 47 segundos.

9- Dog Hero
As vezes é um grande apuro encontrar um local para deixar o cãozinho de estimação. Com o app, os usuários se conectam a pessoas que se dispõe a cuidar do pet – e todos são entrevistados para garantir que sejam anfitriões confiáveis.

10- Quintal de Trocas
Toda criança ama ganhar presente – mas parece enjoar dele numa facilidade diretamente proporcional. Por isso, a plataforma visa compartilhar os brinquedos e até mesmo experiências envolvendo as crianças e seus pais.

11- My Open Closet
Compartilhar e vender roupas que ficam paradas no guarda-roupa está entre as principais facilidades da economia compartilhada. Nessa plataforma, é possível alugar as peças que o usuário precisa, simplesmente selecionando o produto e a data necessária.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.