Riachuelo lança e-commerce e integra varejo físico e virtual

Por: Camila Mendonça 5.460 views

Marca finalmente inaugura operação on-line, depois das suas concorrentes já terem apostado no canal. Investimento foi de quase R$ 30 milhões. Confira

cred: Douglas Luccena / Grupo Padrão

A marca de fast-fashion Riachuelo finalmente chegou ao e-commerce. Depois das suas concorrentes diretas, Renner e C&A,  já se consolidarem no canal, a companhia entra neste mercado para integrar as operações física e on-line.

“Chegamos nesse mercado depois dos maiores players, o que nos permitiu analisar o que deu certo ou não. Percebemos que a maioria das companhias tratava o e-commerce como outra empresa, sem nenhuma sinergia com a operação física, o que gera diversos problemas”, afirmou em nota Jonas Ferreira, head do e-commerce da Riachuelo.

Segundo a empresa, foram necessários dois anos de estudos e estruturações internas e um investimento de R$ 28 milhões. O canal deve ser lançado na última semana deste mês.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

A ideia é oferecer todo o mix das lojas no comércio eletrônico. Ao todo, são mais de 15 mil itens à venda. Com esse passo, a Riachuelo entra de vez no conceito omnicanalidade.

“É uma tarefa complexa, que exige mudanças culturais, processuais, além de impactar diretamente a rotina dos colaboradores”, explicou em nota Jonas Ferreira, head do e-commerce da Riachuelo.

Integração

Para colocar a operação nos trilhos, a companhia precisou verificar toda a operação física e verificar sinergias. Dessa forma, o Centro de Distribuição da companhia atenderá às demandas das operações física e on-line.

Para atender a esta demanda, a empresa investiu R$ 250 milhões em um novo CD, em Guarulhos (SP). Esse investimento ampliou a capacidade de expedição da companhia.

A operação do novo canal exigiu da varejista a criação de duas novas áreas: a de e-commerce, que fará toda a gestão do negócio e a interface com as demais áreas, e um estúdio próprio de fotografia implantado na sede da companhia.

“Isso significa que todas as demais áreas foram sinergizadas à realidade do e-commerce, justamente para que a proposta da de omnicalidade e de integração de processos acontecesse de forma orgânica”, explica Ferreira.

Experiência

Com o e-commerce, o consumidor poderá realizar trocas e cancelamentos, além de tirar dúvidas sobre compras realizadas no e-commerce nas lojas físicas.

A ideia é que seja possível realizar compras pelo site dentro dos próprios pontos de venda da Riachuelo.

O e-commerce da merca permite ao consumidor combinar looks, fazer buscas personalizadas e verificar medidas do corpo. A navegação é dividida por categoria, produto e estilo. O site também disponibilizará informações e referências de moda para auxiliar os consumidores no momento da compra.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.