Por que os clientes do programa de fidelidade da Amazon são importantes para qualquer e-commerce

Por: Laura Navajas 2.996 views

Estudo revela que os consumidores que são associados ao Amazon Prime merecem a atenção de todos os varejistas de e-commerce. Entenda os motivos

cred: Shutterstock

A Amazon é, de fato, concorrente de peso para os varejistas, em vários segmentos. Mas um estudo da Gfk pode revelar um dado diferente, especialmente sobre os clientes que são filiados ao Amazon Prime, programa de fidelidade da empresa.

Segundo o estudo divulgado pelo eMarketer, os compradores membros do programa de fidelidade da gigante de tecnologia não são só apaixonados pela marca. Eles adoram compras on-line em geral. Tanto é que gastam 80% mais tempo na internet em busca de conteúdo relacionado a compras do que os que não são Prime.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

O estudo, que durou cinco meses (de agosto a dezembro de 2016), analisou o comportamento on-line de 300 membros do Amazon Prime e de 419 não membros. Todos donos de smartphones. E descobriu que os Primes gastaram no período uma média de 12, 8 horas em atividades on-line relacionadas a compras. Já os não fidelizados ficaram apenas 7,2 horas realizando atividades relacionadas a compras.

Oportunidades para todos

Ainda segundo o eMarketer, embora a Amazon tenha sido o site mais citado para as compras (não só pelos primes, vale mencionar), 3/5 dos compradores disseram também visitar e comprar em outros  sites. Eles também são mais propensos a comprar on-line produtos de dia a dia. Entre os produtos mais buscados estão mantimentos ou aqueles relacionados à manutenção da casa.

Assim, é importante para qualquer varejista virtual ficar de olho nesse público. A diretora de experiências digitais da GfK, Christina Pate, afirmou  ao eMarketer que esse público passa muito tempo conectado. E isso aumenta a oportunidade de quem atua na rede.

“Os varejistas não devem ignorá-los. Eles representam uma grande fatia dos consumidores on-line e gastam um bom tempo fora da Amazon. Ainda há muitas oportunidades para chegar até eles”, diz.

Outro motivo pelo qual os membros do Amazon Prime merecem sua atenção: eles ganham mais. Cerca de 30% deles têm renda anual maior de US$ 100.000, em comparação a 16% dos não prime. Cerca de 2/5 têm renda entre US$ 50 mil e US$99 mil, comparados com 33% dos não prime.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.