Ferramenta auxilia varejistas na gestão de cartões de crédito

Por: Raisa Covre 2.505 views

O sistema auxilia na conciliação das taxas dos cartões e tem como objetivo ajudar os empresários do setor a organizar as quantias recebidas. Conheça

Shutterstock
Shutterstock

Atualmente, cartões de crédito e débito estão entre as principais formas de pagamento utilizadas pelos clientes. Assim, a grande maioria das empresas aceita esse método em suas lojas – mas, em sua maioria, não estão totalmente satisfeitas com esse uso. Segundo levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), 72% dos empresários de varejo e serviços já aceitam essa modalidade de pagamento, porém, têm ressalvas quanto às vantagens dos cartões de crédito quando o assunto é o seu próprio bolso. Inspiradas por esse quadro, a SumOne e a Finanças 360º lançaram uma ferramenta gratuita de conciliação de cartão para os lojistas.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

O quadro é complexo: o aluguel da máquina (44,4%) e a redução da margem de lucro devido às taxas pagas (33,2%) são os principais pontos de dor destacados pelas empresas em relação às taxas das administradoras dos cartões, de acordo com a pesquisa do SPC Brasil. Fora isso, 20% dos empresários afirmaram ter aumentado os preços para conseguirem pagar as taxas de administração e 19,7% citaram a demora para receber o reembolso do valor vendido. Assim, a tecnologia criada pelas empresas quer auxiliar os empresários no controle dos valores que foram cobrados e recebidos, além de otimizar seu tempo.

Carlos Eduardo Souza, especialista em administração e Diretor de Marketing da SumOne, aponta que com um bom controle das informações, as organizações conseguem organizar melhor as suas atividades e pensar em novas formas de atrair mais consumidores ao seu estabelecimento ou reter os seus clientes. “Assim, eles conseguirão focar no que mais importa: melhorar as vendas com ações efetivas”, destaca.

A partir da ferramenta, o empresário poderá calcular automaticamente o total vendido no mês via cartões de crédito, valores de compras parceladas que devem ser repassados, o total a pagar para os adquirentes, que são os processadores das operações, e os valores de cobranças indevidas.

O executivo da SumOne ressalta que o objetivo da tecnologia é auxiliar o lojista a ter mais lucro, com o menor gasto possível. E lembra: para isso, é preciso tempo para planejar as ações de marketing e retenção de clientes. “Já tivemos casos de estabelecimentos que resgataram 19 clientes em um mês, com um gasto médio por ano de R$ 600 reais e que, depois de um ano de planejamento, conseguiram reverter mais 240 consumidores, gerando mais de R$ 144 mil”, conta.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.