Grupo Boticário cria o “BotiLabs”, com foco em startups

Por: Camila Mendonça 19.085 views

A empresa de cosméticos lançou incubadora e aceleradora para identificar soluções inovadoras para a cadeia do negócio da companhia

cred: Eduardo Modi

O Grupo Boticário lançou um laboratório de inovação. Chamado de BotiLabs, o laboratório funciona como incubadora e aceleradora de startups. A ideia, segundo disse a empresa em relatório de resultados, é identificar soluções inovadoras para a cadeia do setor em que atua o grupo.

“O conceito de BotiLabs está muito além do espaço físico, estamos fomentando a mudança de mindset, começando pela nossa própria organização”, disse à NOVAREJO, Rodrigo Ribeiro, gerente de arquitetura de TI, governança e inovação do Grupo Boticário.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

“Mudanças exigem visão de futuro e não acontecem de um dia para o outro, são passos em direção a novas possibilidades. É uma transformação cultural que se materializa na consolidação desse espaço”, completou o executivo.

Segundo ele, o laboratório será inaugurado em São José dos Pinhais, no Paraná, onde fica a sede da empresa. “Estamos estudando a extensão do mesmo em São Paulo,”, conta.

Foco nas startups

Ribeiro explicou que o modelo do lab será aberto e o foco é buscar negócios inovadores não apenas no Brasil, mas também fora do País. “Funcionará como um laboratório de tecnologia capaz de incubar e promover interação entre startups, sempre com foco em agregar valor ao negócio”, afirma.

Além disso, o espaço contará com coworking e funcionará como parte de um ecossistema formado por startups, aceleradoras, fornecedores estratégicos,  agentes de inovação e academia. “Visamos possibilitar aos participantes a experimentação de novos conceitos, mas acima de tudo fomentar a liberdade para a criação, sem limites territoriais e com criatividade”.

Os perfis dos negócios buscados pela empresa serão variados. “A incubadora oferecerá a possibilidade das startups participarem em diferentes fases de seu ciclo de vida e maturidade”.

Inovação

Este não é o primeiro investimento que o Grupo faz para inovar. Em 2013, a companhia inaugurou seu Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, com capacidade de desenvolvimento de até 2 mil produtos ao mesmo tempo.

Nele, a empresa desenvolve pesquisas e métodos alternativos de testes de produtos – o que lhe permitiu eliminar completamente os testes com animais. Entre os resultados mais recentes em métodos alternativos, estão a criação da Pele 3D e do Organs On a Chip, uma simulação de órgãos humanos em chip computadorizado, gerando ainda mais eficácia e segurança nos testes.

“Para nós inovação é, cada vez mais, uma competência que deve ser desenvolvida por todos. O mundo está mudando e junto com ele precisamos mudar. Muitos idealizam processos inovadores como mudanças complexas, ou extremamente tecnológicas, nós acreditamos que a inovação está neles, assim como na simplicidade e simplificação”, afirmou Ribeiro.

“Além fortalecer a cultura da inovação entre os nossos times, esses movimentos contribuem, também, com o desenvolvimento científico e tecnológico do país”, disse em relatório Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.