Intenção do comércio de investir no negócio tem maior pico desde 2015

Por: Camila Mendonça 389 views

De acordo com a FecomercioSP, índice de expansão do setor, que analisa investimentos e contratações, sobe 21,6% em setembro - o 3º mês seguido de alta

cred: Shutterstock

A intenção do comércio de expandir os negócios subiu 2,2% em setembro, na comparação com o mesmo mês de 2016, segundo pesquisa da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo). Este é o terceiro mês seguido de crescimento. No mês, o Índice de Expansão do Comércio atingiu 95,7 pontos – o maior registro desde 2015.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

“A tendência de expansão das empresas de varejo é maior agora do que há um ano, e isso é reflexo dos efetivos resultados da economia, porém, mais importante do que isso é que, mesmo atravessando todas as dificuldades que a economia brasileira ainda apresenta, a tendência de expansão do comércio tem se mantido”, disse a Federação.

Investimentos

Um dos indicadores que compõem o Índice de Expansão do Comércio é o Nível de Investimento das Empresas. Em setembro, esse índice aumentou 23,6%, em relação a setembro de 2016; e 1,7% em relação a agosto.

Outro componente do Índice é o subíndice de Expectativas para Contratação de Funcionários, que registrou alta de 2,5% na comparação com agosto e 20,4% na comparação anual. Em ambos os casos, essa foi maior pontuação desde o início de 2015.

Segundo a FecomercioSP, “o governo parece ter definitivamente alcançado um novo patamar de governabilidade, após as turbulências do fim da primeira metade do ano”.

Essa estabilidade dá certo conforto aos empresários para prever investimentos de médio e longo prazos. Ao recuperar a confiança, é possível prever aumento nos investimentos para o negócio e para a contratação de pessoas.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.