Magazine Luiza tem o melhor resultado em 5 anos e aumenta lucro em 273%

Por: Camila Mendonça 7.506 views

A rede de eletroeletrônicos superou, mais uma vez, as expectativas do mercado e fechou o terceiro trimestre com o maior lucro líquido da história

cred: Divulgação

O Magazine Luiza encontrou mesmo o caminho do crescimento. Com sua estratégia digital, a companhia registrou o melhor resultado em cinco anos. No terceiro trimestre, o lucro líquido da empresa cresceu 272,6%, para R$ 92,5 milhões – este é o maior lucro já registrado pela companhia.

A companhia elevou as vendas em 27,3%, para R$ 3,4 bilhões – o sétimo trimestre seguido de crescimento. Em mesmas lojas físicas, aquelas abertas há mais de 12 meses, a companhiu viu as vendas ficarem 15% maiores.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

E-commerce

Mas o que tem provocado o crescimento explosivo da companhia é o e-commerce. Mais uma vez, o canal apresentou aumento de duplo dígito: desta vez de 54,6%. Com esse aumento, o e-commerce da marca passa a representar 30% das vendas da companhia – um verdadeiro recorde no varejo brasileiro.

“A evolução consistente dos indicadores é fruto da execução da nossa estratégia de transformação da empresa em uma plataforma digital, com pontos físicos e calor humano”, disse Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza. “Geramos bons resultados mesmo em meio a um cenário macroeconômico adverso. Agora estamos preparados para capturar ao máximo as oportunidades que a retomada do crescimento oferece ao nosso setor”, disse.

O aplicativo de vendas foi um dos grandes destaques no trimestre. O número de downloads chegou a 7,7 milhões. Atualmente, 60% da navegação no site da companhia é realizada por meio de dispositivos móveis. Cerca de 40% das vendas digitais são feitas em smartphones.

Saúde financeira

Com esses números, a companhia reforçou o caixa no trimestre. O fluxo de caixa das operações alcançou R$ 974 milhões nos últimos 12 meses, em função da melhoria dos resultados e da gestão do capital de giro.

No trimestre, a empresa melhorou o giro dos estoques em 9 dias (para 70 dias) e o prazo médio de compras em 4 dias (para 91 dias). Nos últimos 12 meses, a variação do capital de giro contribuiu em R$ 390 milhões para a geração de caixa operacional.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.