Internauta brasileiro pretende gastar menos na Black Friday, diz Google

Por: Gabriely Araujo 471 views

Intenção de compra permanece estável em relação a 2016, com 87% dos pesquisados pretendendo fazer alguma compra na Black Friday

Internautas brasileiros pretendem gastar menos na Black Friday Foto: Shutterstock

O Google divulgou dados de intenção de compra para a Black Friday em pesquisa junto com o Ibope, divulgada nesta segunda (13). Os internautas pretendem gastar menos do que em 2016, em média R$ 1.071,00. Essa é uma redução de 2% em relação ao ano passado.

A Black Friday é a segunda data mais importante para o varejo em vendas, atrás apenas do Natal. A intenção de compra permanece estável em relação a 2016, com 87% dos respondentes pretendendo gastar na data.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

As lojas online seguem sendo o local preferido para efetuar a compra. Porém, para 34% dos entrevistados, as compras no varejo das lojas físicas também serão um destino.

Os produtos preferidos sequem sendo os eletroeletrônicos e eletrodomésticos:65% das pessoas pretendem comprar algum tipo de produto dessas categorias na Black Friday.

As TVs de tela fina foram itens que cresceram no interesse, provavelmente por conta do Mundial de Futebol em 2017, segundo o Google e Ibope. Em 2016, 22% afirmaram que comprariam o item na data. Agora 25% desejam comprar o eletrônico.

Um ponto destacado pela pesquisa é a migração do uso do desktop para o mobile, tanto no momento de pesquisa do produto como de compra. Em 2017, 31% dos entrevistados pretendem comprar via smartphones ou tablets. Ano passado, o índice foi de 22%.

Pesquisar

O comportamento de pesquisar antes de comprar também está crescendo entre os consumidores. Nove em cada 10 pretendem pesquisar antes de comprar e 56% declaram que vão usar a Busca para encontrar as melhores ofertas vs. 53% em 2016 e 48% em 2015.

Além das pesquisas via mobile, as compras de smartphones ganham ainda mais destaque: 38% das pessoas dizem que farão pesquisa nesse dispositivo. Em 2016 esse índice era de 27%. Já para compra, 30% afirmam ter interesse.

 

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.