Burger King espera faturar até R$ 2 bi em IPO

Por: Gabriely Araujo 4.255 views

Rede de restaurantes, no Brasil desde 2004, fará duas ofertas de ações em dezembro, com preços por ação que variam de R$ 14,50 a R$ 18

O Burger King pretende faturar entre R$ 1,544 bilhões e R$ 1,917 bilhões em oferta inicial de ações, IPO, na sigla em inglês. A abertura está marcada para o dia 15 de dezembro, segundo comunicado oficial da rede de fast-food.

O IPO consistirá na distribuição pública primária de 49.230.769 novas ações ordinárias e 57.307.700 ações em ação secundária, negociados na B3 (Brasil, Bolsa, Balção, junção da BM&F Bovespa e Cetip). O preço por ação está entre R$ 14,50 e R$ 18,00.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

O pedido para a abertura das ações foi feito para o CVM, Comissão de Valores Mobiliários, em outubro. A oferta pública de ações da rede será liderada pelo Itaú BBA, em conjunto com a BofA Merrill Lynch, Bradesco BBI, BTG Pactual, J.P. Morgan e XP Investimentos.

Quem pode participar

Poderão participar pessoas físicas e jurídicas registradas na B3.  O valor mínimo de pedido de investimento de R$ 3.000,00 (três mil reais) e o valor máximo de pedido de investimento de R$1.000.000,00 durante o período de reserva de ações, que começou no dia 1° de dezembro e que vai até a próxima quarta, 13 de dezembro.

Depois do período de reserva, estão aptos a comprar as ações investidores pessoas físicas e jurídicas e clubes de investimento registrados na B3, que não sejam considerados Investidores Não Institucionais. Fundos de investimentos, fundos de pensão, entidades administradoras de recursos de terceiros registradas na CVM, entidades autorizadas a funcionar pelo Banco Central, condomínios destinados à aplicação em carteira de títulos e valores mobiliários registrados na CVM e/ou na B3, também podem participar.

Também estarão aptas seguradoras, entidades abertas e fechadas de previdência complementar (JUR_SP – 28708493v3 1030004.417001 5) e de capitalização, investidores qualificados e profissionais nos termos da regulamentação da CVM.

Em todos os casos, as pessoas físicas ou jurídicas devem ser residentes e domiciliados ou com sede no Brasil.

Rede

O Burger King está no Brasil desde 2004. Em 2011 a rede começou uma expansão pelo País, quando a rede foi adquirida pela 3G capital, que é dona da Heinz e Kraft Foods, que tem as marcas como Quero e Philadelfia.

Entre os investidores fundadores da 3G estão os brasileiros Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira, Marcel Telles, Alex Behring e Roberto Thompson Motta. A 3G também é controlada pela Berkshire Hathaway, de Warren Buffett.

O Burger King tem hoje mais de 11 mil funcionáros em todos os estados brasileiros, com mais de 600 pontos de venda.

 

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.