5 Tendências para empreender no e-commerce em 2018

Por: Editor NV 23.292 views

Especialista em e-commerce lista quais são as áreas promissoras para empreender na internet em 2018 e porque você deve ficar de olho nelas

Onde investir no e-commerce em 2018? (cred: Shutterstock)

*Por Bruno Oliveira

O início de um novo ano serve como estímulo para colocar em prática os planos de iniciar um novo negócio. O comércio eletrônico está cada vez mais em alta, mas, na hora de empreender, é fundamental escolher bem o setor em que se irá atuar, considerando não apenas a afinidade pessoal como o potencial de sucesso e crescimento.

Muitas vezes a pessoa quer montar uma operação de e-commerce mas não tem nenhuma ideia de qual setor quer empreender, nem que tipo de produto quer vender. Nessa hora, sempre recomendo avaliar as tendências do mercado e apostar em produtos inovadores. Segundo o relatório Webshoppers 36 da Ebit, os setores de Moda e Acessórios, e Esporte e Lazer estão entre os que obtiveram maior faturamento em 2017.

Por isso, indico alguns setores promissores para abrir um e-commerce neste ano:

Leia também
Esta é a meta de investimentos das PMEs de SP para 2020

1. Sapatos artesanais femininos

O setor de Moda e Acessórios representa 6,4% do faturamento total do mercado de e-commerce, e é uma grande vantagem oferecer a esse público modelos que serão encontrados somente através da sua marca. A empresa estará entregando valor a seus clientes, e, por isso, poderá cobrar um preço maior. A desvantagem é, caso o empreendedor não possua experiência com a fabricação desses artigos, será necessário desembolsar recursos para contratar pessoas que façam isso.

2. Camisetas personalizadas de filmes e séries

Com baixo custo inicial, é um setor muito concorrido, mas que possui grande recorrência. Uma pessoa não compra uma camiseta só porque precisa andar vestida pela rua, elas veste uma ideia que têm de si mesma e que quer transmitir para os demais. Por isso, invista em diferenciais, estude muito a persona do seu negócio e busque estratégias para fidelizar seu cliente.

3. Moda praia feminina

Com um mercado repleto de micro nichos, esse campo de atuação permite que os empreendedores tenham a possibilidade de oferecer produtos com exclusividade e estoque relativamente barato. Um bom exemplo para esse setor é trabalhar com modelos para crianças e mulheres de mais idade. Isso proporcionará maiores chances de ter um negócio de sucesso.
Leia também
Amazon é dona de 44% das no e-commerce americano

4. Acessórios para ciclismo/triatlo

Este é um mercado em que os interessados por esses produtos geralmente não costumam economizar na hora da compra. Isso porque o setor de esporte e lazer está associado ao hobby das pessoas e, com isso, geralmente são compras desencadeadas pela paixão e realizadas de forma impulsiva. Com um faturamento de 3,8% do total do mercado, a área de Esporte e Lazer é um segmento com ampla abertura. Aqueles que já são ciclistas ou aficionados por esse setor têm a vantagem de conhecer bem quais são as dores e os anseios da sua persona, antes mesmo de fazer qualquer pesquisa.

5. Lingerie

Outra oportunidade no mercado de moda feminina é o de moda íntima. Apesar da forte concorrência, é possível sobressair-se ao oferecer produtos diferenciados. Essa área tem a vantagem de possuir alta demanda e recorrência, boas possibilidades de fidelização, exclusividade e baixo custo inicial. O empreendedor pode procurar fornecedores diferentes, que possam oferecer modelos exclusivos e estampas diferenciadas. Outra possibilidade é investir em micro nichos, como a moda plus size.

No entanto, é importante destacar que ficar atento às tendências e segmentos não basta para abrir uma loja virtual. Para o especialista, é necessário ter também um plano de negócios estabelecido, missão, visão e valores definidos e saber quem é o cliente que se precisa alcançar. Com um planejamento estratégico bem definido, o empreendedor terá muito mais chances de obter sucesso com sua empresa, evitando alguns tropeços.

*Bruno Oliveira, especialista em e-commerce 

Leia também
Loja de azeites quer educar clientes para consumo premium

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.