Premiê espanhol exalta papel do varejo na retomada econômica

Por: Jacques Meir 492 views

Abertura do World Retail Congress, em Madri, teve fala do presidente Mariano Rajoy. Destaque também para Dimas Alvarez, chairman da El Corte Inglés, rede varejista de 15 bilhões de euros

Crédito: Jacques Meir

A abertura do World Retail Congress – WRC – contou com a presença do primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, que demonstrou seu apoio integral ao poder do varejo como gerador de empregos e oportunidades. Rajoy destacou que o pais está agora no quinto ano consecutivo de crescimento.

Para 2018, o crescimento econômico projetado é de 2,5%. “O país está firmemente comprometido com o tema do evento – inovar para ganhar – e o governo quer apoiar empresas que buscam inovar. O varejo representa mais de 12,5% do nosso PIB e dois de cada três pessoas empregadas hoje estão no comércio, particularmente o pequeno comércio”, enfatizou o líder espanhol.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

O premiê espanhol destacou que o País enfrenta a terceira grande revolução de sua história, a revolução digital. Para ele, a digitalização não é apenas uma questão de competitividade, é também fator de inclusão, de bem-estar e liberdade e, para isso, é necessário oferecer internet de qualidade para todos os espanhóis.

O comercio eletrônico cresce anualmente a taxas superiores a 25%, criando oportunidades e novos negócios. “A internet ajuda a descentralizar os negócios e a fomentar o pequeno comércio, baseado em digitalização, internacionalização e formação, para ajudar a desenvolver a economia de modo sustentado”.

De certa maneira, a agenda corporativa está bem presente no discurso e na prática do governo espanhol. Trata-se de um país friendly para os negócios e consciente do que significa a transformação digital e o poder da inovação para gerar novos negócios e crescimento econômico.

Para finalizar, o líder espanhol destacou a força do turismo espanhol, que faz do país o segundo maior destino turístico do mundo, com mais de 30 milhões de visitantes anuais e consumo da ordem de 87 bilhões de euros. Definitivamente, a Espanha está no bom caminho. Um país que insiste em nos mostrar como tornar nosso país mais atrativo para o varejo, o turismo e a inovação. Quando o Brasil conseguirá aprender?

Varejista de 15 bilhões de euros

Além de Mariano Rajoy, a abertura trouxe ainda Dimas Giménez Alvarez, Chairman do El Corte Inglés. Alvarez comanda um grupo que fatura 15,5 bilhões de euros, tem mais de 90 mil empregados, recebe mais de 670 milhões de consumidores por ano e tem mais de 11 milhões de clientes portadores do private label.

Uma potência que pratica o modelo de lojas de departamento, antepassado dos grandes marketplaces eletrônicos da atualidade. Alvarez ressaltou que o varejo é a ponta de uma indústria imensa que congrega indústrias, fornecedores e designers. E todos eles estão diante da força monumental da transformação digital. “O varejo significa crescimento, oportunidades e prosperidade”, ressaltou o CEO em breve fala.

WRC

O World Retail Congress – WRC – é praticamente uma reunião de cúpula de grandes varejistas, que expõem de modo objetivo seus desafios, aprendizados, ideias e estratégias para enfrentar o estágio atual do segmento nos diferentes mercados mundiais. Uma oportunidade de aprendizado excepcional, que normalmente não é muito apreciada no Brasil.

Leia também: 

Lideranças estão petrificadas diante da transformação digital

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.