4 Dicas do Facebook para o varejo se apropriar dos apps de mensagem

Por: Leonardo Pinto 6.566 views

O diretor da rede social responsável pelo Messenger explica como os aplicativos de mensagem são grandes aliados do varejo no atendimento ao cliente

Crédito: Shutterstock

A Era da informação e da internet propiciou aos varejistas novas formas de se comunicar com os clientes. Há variadas maneiras de se atingir o púbico-alvo, desde as antigas promoções via ligação telefônica aos bots que mandam mensagens direcionadas por meio de inteligência artificial. Mas, segundo o Facebook, usar as simples funcionalidades dos aplicativos de mensagem do mercado pode ser a opção mais assertiva.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora! 

“O fato é que os varejistas não podem mais depender dos compradores para baixar seus aplicativos. Eles precisam alcançá-los onde os clientes já estão gastando seu tempo”, diz o Head do aplicativo Messenger, do Facebook, Stefanos Loukakos, em artigo publicado no site americano especializado em varejo Chain Store Age. O executivo deu quatro dicas de como usar da melhor forma os aplicativos de mensagem para as empresas se manterem relevantes aos consumidores.

1) Realidade aumentada nos mensageiros

Algumas marcas já vêm utilizando a realidade aumentada para trazer elementos da experiência na loja física aos aplicativos de mensagem. A Sephora, marca de cosméticos e produtos de beleza, está fazendo isso. As pessoas são capazes de navegar através de diferentes aparências de maquiagem, utilizando a câmera vinculada ao aplicativo. Além de ter a experiência, o cliente pode compartilhar de forma simples a imagem de si mesmo e espalhar a informação e, consequentemente, um maior número de consumidores terá acesso aos produtos da marca.

2) Atualizações da entrega

Segundo Stefanos Loukakos, “o envio de mensagens é uma ótima maneira de encaminhar recibos, confirmações de pedidos e atualizações de remessa, tudo em tempo real e no contexto de sua conversa”. A relação, de acordo com o executivo, é mais humana e próxima do consumidor, que se sente mais seguro com um tratamento personalizado em torno da compra realizada.

3) Momentos sazonais

Durante as movimentadas festas de fim de ano e outras datas comemorativas boas para o varejo, as mensagens são um oásis para os varejistas se destacarem no mar de descontos do mercado. A experiência de compra personalizada chama mais atenção para a promoção, que deve ser direcionada especificamente àquele cliente.

4) Ofertas exclusivas

Algumas ofertas especiais também são bons momentos para se usar o aplicativo de mensagens. Loukakos cita em seu artigo que a Nike vem fazendo isso de forma inovadora. Usando emojis do cotidiano, algumas ofertas exclusivas aparecem para clientes selecionados pela marca.

Quando o usuário usa o tal emoji secreto o desbloqueio de um tênis especial ocorre, o Kyrie 4 Red Carpets, e a câmera do aplicativo de mensagens do Facebook ativa a realidade aumentada. O cliente, então, pode experimentar virtualmente ali mesmo, com a opção de compra no próprio smartphone.

Leia também:
5 Tecnologias indispensáveis ao varejo em 2018

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.