Como a Óticas Carol pauta seu plano de expansão nas franquias

Por: Leonardo Pinto 1.299 views

Saiba como a rede com o maior número de unidades no segmento investe nos franqueados para expandir sua marca. Confira também algumas dicas da Óticas Carol sobre franquias

A pujança do setor de franquias se consolidou como uma importante via econômica frente à alta do desemprego nos últimos anos. O Brasil viu uma maior democratização de aberturas de negócio, que caibam em variados e distintos orçamentos, por meio de microfranquias, quiosques, lojas de rua, entre outros modelos. É nesse panorama favorável de crescimento que a Óticas Carol pauta seu plano de expansão ao incentivar seus franqueados e demais empreendedores que queiram abrir uma franquia.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

O desempenho do mercado nacional de franquias, nos últimos seis anos, demonstrou um aumento de 38%. Só em 2017, na comparação com o ano anterior, houve crescimento de 8% do setor, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

“Apoiamos o crescimento de novos empreendedores, sendo uma opção para investidores que buscam um negócio rentável, referência no mercado e seguro”, afirma o diretor de expansão da Óticas Carol, Kleber Leal. Foi também no ano passado que o negócio ganhou ainda mais solidez após a aprovação da proposta de compra da holding italiana Luxottica, que passou a ser a controladora da operação da Óticas Carol.

Desse total, são 16 lojas próprias, usadas como modelo de gestão para os franqueados, e 1.098 com contrato de franquia. Com o incentivo e capacitação de seus franqueados como a principal metodologia de expansão da companhia, a expectativa é que no final do ano estejam abertas mais 150 lojas da Óticas Carol.

Leia também:
Por que o setor ótico cresceu tanto no Brasil?

De acordo com Leal, um fator fundamental de apoio aos franqueados é o Laboratório Digital Exclusivo da rede, que é mais moderno da América Latina e vem recebendo o que há de melhor no mercado mundial de confecção de lentes, com maquinário e tecnologias que chegam ao Laboratório da Carol antes mesmo de serem lançadas oficialmente no Brasil.  “Nossa rede oferece todo o suporte necessário para o colaborador – do escritório até o ponto de venda”, diz o executivo.

Além disso, Kleber Leal acredita que guiar esse empreendedor, por meio desses incentivos, significa trazer para dentro do negócio as pessoas certas. Por isso, a Óticas Carol separou cinco pontos cruciais, para quem quiser investir no negócio, entender se há aptidão e bagagem necessários para iniciar uma franquia:

1) Conheça o seu perfil

Antes de começar a procurar uma rede, é importante conhecer o seu perfil. Se tem habilidade para gerir negócios, facilidade para lidar com funcionários, vontade de ter duas lojas ou mais, entre outros fatores. Essa autoanálise poderá evitar problemas futuros de gestão.

2) Avalie o mercado

Conheça os concorrentes, entenda quais regiões têm boa movimentação comercial no segmento em que quer atuar e analise os padrões de comportamento dos consumidores da região escolhida. Nesse momento, uma boa ideia é conversar com outros empresários da região para entender os pontos fracos e fortes do público local.

3) Defina até onde você pode ir

Conhecer os seus limites é fundamental – tanto pessoal quanto financeiramente. Faça contas, entenda o quanto está disposto a investir e em quanto tempo começará a ter retorno. Importante lembrar sempre de que precisará de um capital de giro nas finanças durante os primeiros meses de operação.

4) Escolha a rede certa

Escolha uma rede segura e rentável. Veja há quanto tempo o negócio está no mercado, número de unidades, se está bem estruturada no segmento e se tem reconhecimento dos consumidores. Cheque também se a rede possui lojas próprias. Uma rede que possui suas próprias unidades tem, muitas vezes, um conhecimento maior do ponto de venda e da gestão dos negócios. É fundamental que a rede ofereça uma boa segurança para o franqueado de “primeira viagem”, capacitando-o e oferecendo todo o suporte necessário para o início do negócio.

5) Mãos na massa

Faça o que ama. “Vista a camisa” da franqueadora, engaje e incentive seus funcionários, tenha um bom relacionamento com os consumidores na região em que escolheu e invista no atendimento aos clientes. Desfrute da estrutura, plano de negócios e apoio que as redes de franquias já disponibilizam.

Leia também:
Óticas Carol implementa RFID

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.