A alternativa sustentável da Starbucks para eliminar os canudinhos

Por: Leonardo Pinto 3.485 views

Seguindo um movimento mundial, a Starbucks resolveu investir no design como saída viável para banir de vez o uso dos canudinhos de plástico

Crédito: Shutterstock

A cruzada contra os canudos plásticos ganhou força em 2018. A rede de cafés norte-americana Starbucks foi a mais recente companhia de alimentos e bebidas a anunciar que estará dando fim aos canudinhos em suas lojas, tendo como meta o ano de 2020. A intenção é tentar diminuir o impacto ambiental da produção desse componente quase intrínseco na imensa cadeia do varejo alimentar.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Como alternativa ao utensílio, a Starbucks redesenhou o modelo de seus famosos copos para se adaptar ao novo hábito de dispensar o canudo. O que antes era um simples furo na superfície da tampa para abrigar um canudinho agora é um bico semelhante ao de uma mamadeira. O novo design já foi implementado em algumas lojas e os clientes da maior rede de cafeteria do mundo parecem ter gostado da novidade, segundo relatos nas redes sociais.

Outros exemplos

Além da alternativa sem o canudinho, a companhia afirmou que irá ainda usar os canudinhos, mas com materiais biodegradáveis e não-poluentes. O McDonald’s também anunciou recentemente que vai substituir seus canudos de plástico por modelo feitos de papel papel no Reino Unido e na Irlanda, a partir de 2019, e testaria outras alternativas em alguns locais nos EUA. Em fevereiro, a Dunkin ‘Donuts disse que eliminaria os copos de espuma de poliestireno de suas lojas até 2020. A American Airlines também anunciou recentemente a dissolução dos canudinhos dos voos da companhia.

No Brasil, a Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou no início do mês de junho uma medida legislativa que bane todos os canudos de plásticos na cidade – só são permitidos os de origem biodegradável ou de papel.

Segundo a ONG norte-americana The Last Plastic Straw (O último canudo plástico), são 500 milhões de canudinhos descartados todos os dias só nos Estados Unidos, e, muitos deles, acabam poluindo águas oceânicas e ameaçando a vida marinha. O plástico é um dos materiais mais agressivos para o meio ambiente, podendo levar centenas de anos para se decompor.

Leia também:
Starbucks interrompe operaçãos nos EUA por polêmica sobre racismo

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.